O treinador do Boavista afirmou hoje que a equipa sente-se com "confiança em poder fazer uma boa prestação" diante do Sporting de Braga, na 26.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, mas, "desta vez, regressar aos pontos".

Daniel Ramos referiu que houve "muita coisa boa" na derrota caseira com o Moreirense (1-0) e acrescentou que os jogadores "deram indicações excelentes" na preparação para o encontro com os bracarenses, marcado para sábado.

"Temos a lição bem estudada, sabemos aquilo que nos espera e o grau de dificuldade do jogo vai ser altíssimo", salientou o técnico ‘axadrezado’, que, tudo somado, espera "um teste positivo" da sua equipa.

Na antevisão ao jogo com o Braga, que também sofreu uma derrota, com o Santa Clara, por 3-2, Daniel Ramos, disse que "a equipa trabalhou muito bem" nesta semana, apesar de não ter pontuado diante do Moreirense, e, por essa razão, sente-se "com confiança em poder novamente fazer uma boa prestação e, desta vez, regressar aos pontos".

O treinador não deu importância ao facto de o Braga também ter sido derrotado: "Não nos diz nada, diz-nos sim o que temos de fazer. Percebemos que o Braga tem um valor enorme e por isso mesmo está no terceiro lugar. É uma equipa que, normalmente, cria muitas dificuldades a qualquer adversário", apontou.

"Temos um jogo difícil pela frente, mas os bons indicadores do último jogo permitem-nos ter uma legitimidade natural para querer regressar aos pontos e podermos fazer um bom jogo e uma boa exibição", insistiu.

Custódio assumiu o comando técnico do Braga após Ruben Amorim ter saído para o Sporting e Daniel Ramos identifica nos bracarenses "muita continuidade, como era perfeitamente natural".

O Boavista está mais focado no que lhe cabe fazer e encara este jogo "como se fosse uma final, sem pensar em mais nada", pretendendo dar uma boa imagem, para "sair deste final de época de uma forma agradável”.

"A nossa ideia é continuarmos a ser uma equipa com mais domínio e controlo", disse Daniel Ramos, que vê na exibição frente ao Moreirense um bom ponto de partida para o que resta do campeonato.

O técnico antevê um jogo mais repartido. "Não nos vamos esconder e fugir à responsabilidade de tentar demonstrar aquilo de que somos capazes", completou.

O Boavista tem três baixas para este jogo: o defesa central brasileiro Fabiano Leismann, que foi expulso, e o médio ganês Ackah, que viu o quinto cartão amarelo, foram castigados com um jogo de suspensão e o atacante sérvio Nikola Stojiljkovic encontra-se emprestado pelo Sporting de Braga, não podendo, por isso, ser utilizado nesta partida.

O Boavista, 13.º classificado, com 29 pontos, defronta o Sporting de Braga, terceiro, com 46, em partida da 26.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, marcada para sábado, às 21:00, no Estádio Municipal de Braga.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.