Ulisses Morais foi cáustico na análise à prestação da Naval esta noite: “A equipa foi masoquista, sem
humildade e sem brio. Estivemos muito envergonhados no jogo, hoje não
estivemos cá”.

O técnico foi mais longe e afirmou que espera que esta seja a último exibição do género da sua equipa: “Espero que esta
derrota sirva de ponto de partida para não repetirmos estas exibições”.

Já do lado dos azuis do Restelo, o treinador João Carlos
Pereira afirmou que foi uma vitória da eficácia: “nem sempre ganham os melhores, mas os mais eficazes”.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.