Fernando Castro Santos começou por lembrar que “na primeira parte houve bons momentos do Leixões”,mas que “depois o porto demonstrou a grande equipa que é”.

O Leixões foi-se apagando no jogo e o técnico explicou que a equipa “pagou a factura do desgaste físico de uma primeira parte bem conseguida”.

Realista, não teve pejo em reconhecer que um ponto foi algo que os homens do mar não quiseram deixar escapar na luta pela fuga ao fundo da tabela.  

“Tivemos de defender porque não queríamos perder. Um ponto contra um grande é sempre uma satisfação e na nossa condição tínhamos de somar pontos. Tenho de dar os parabéns à equipa pelo grande esforço”, terminou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.