As mudanças introduzidas por Rúben Amorim no Sporting vão para lá da componente tática. Ainda não foi possível ver o 'dedo do treinador', já que a pandemia de COVID-19 veio interromper o campeonato por três meses mas o jornal 'Record' avança na sua edição desta segunda-feira que Rúben Amorim está a construir um Sporting à sua imagem.

Na vertente tática, há a destacar o 3-4-3 que implementou no SC Braga e que muitos bons resultados deu. Na vertente comportamental, há uma mudança de valores.

No lançamento de jogadores na equipa principal, Rúbem Amorim tem palestras especiais com os atletas. Ambas as partes assumem que este lançamento é fruto da confiança da equipa técnica no atleta.

O técnico quer apostar muito na vertente psicológica, com fortalecimento mental constante dos jogadores. Todos têm de confiar nos processos e no trabalho que está a ser desenvolvido, já que esta será a base do sucesso.

Rúben Amorim chegou com a missão de devolver o ADN Sporting à equipa, com aposta clara na formação, através do lançamentos de jovens 'made in Alcochete' na equipa principal, algo que não aconteceu nos últimos anos.

Diz ainda o 'Record' que, com Rúben Amorim, jogarão sempre os melhores, sem olhar a estatutos. O técnico aposta na promoção constante do diálogo com os jogadores, na confiança do trabalho desenvolvido ao longo da semana. Um diálogo simples, com mensagens claras sobre os objetivos e metas a atingir.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.