Depois da vitória no clássico com o Benfica, que relançou a luta pelo título de campeão nacional, o FC Porto tem este domingo uma deslocação difícil a Guimarães, para defrontar o Vitória, em jogo da 21.ª jornada.

A equipa de Sérgio Conceição chega ao D. Afonso Henriques com a possibilidade de reduzir para apenas um ponto a distância para o Benfica, face à derrota do atual líder diante do SC Braga, no Estádio da Luz, pelo que vencer é a palavra de ordem entre os 'azuis e brancos'.

Por sua vez, o Vitória de Guimarães (7.º) chega a este duelo igualmente moralizado pela goleada (7-0) ao Famalicão, na última ronda, a maior registada até ao momento na presente temporada. Um resultado que veio pôr fim a uma sequência menos positiva da equipa de Ivo Vieira, que chegou a ver lenços brancos ao fim de duas derrotas seguidas para o campeonato e uma para a Taça da Liga, esta última precisamente diante do FC Porto.

Já esta época, SC Braga (2-0) e Benfica (1-0) conseguiram passar incólumes em casa do Vitória, com a equipa minhota a apresentar alguma inconstância, mas os ‘dragões’ têm como registo mais recente um empate sem golos no último ano.

Na primeira volta da presente temporada, os 'azuis e brancos' bateram os vimaranenses no Dragão, por 3-0 (dois golos de Marega e um de Marcano), num jogo em que o defesa central Tapsoba foi expulso 45 segundos depois do apito inicial. Há ainda a registar a vitória portista na meia-final da Taça da Liga (2-1), no passado mês de janeiro. Tapsoba abriu o ativo de grande penalidade, mas Alex Telles e Tiquinho Soares operaram a 'cambalhota' no marcador.

FC Porto 3-0 V. Guimarães: E em 45 segundos, um novo jogo
FC Porto 3-0 V. Guimarães: E em 45 segundos, um novo jogo
Ver artigo

Para o duelo com o Vitória de Guimarães, Sérgio Conceição não poderá contar com Tiquinho Soares, que viu o quinto amarelo no clássico com o Benfica e, por isso, cumprirá um jogo de castigo. Zé Luís deverá ser o eleito para o substituir, depois de ter faturado no triunfo por 3-0 sobre o Académico de Viseu, para a Taça de Portugal.

No boletim clínico do FC Porto continuam a constar dois nomes: Pepe e Danilo.

Têm a palavra os treinadores

Na antevisão à partida, Ivo Vieira afirmou que quer aproveitar a veia goleadora que a equipa mostrou no jogo contra o Famalicão, que venceu por 7-0, para vencer o FC Porto.

"A quantidade de oportunidades de golos tem sido permanente, muitas vezes não culminam em golo. Quando se conseguem os golos aumenta-se a capacidade e a confiança, o que nos pode catapultar e confiar que as coisas podem acontecer de forma regular, mesmo que o adversário nos ofereça um jogo mais difícil. Tivemos a sorte do jogo em Famalicão, entraram quase todas as oportunidades, muito por mérito do que os atletas fizeram", defendeu.

O técnico dos vimaranenses considera ainda que o ‘fator casa' deve ter pouca influência num jogo entre equipas que querem vencer: "O FC Porto entra em qualquer campo para ganhar. Mesmo jogando em nossa casa sabemos das dificuldades que vamos encontrar. Mas acreditamos muito no nosso potencial (...) O nosso objetivo é sempre jogar para ganhar e conquistar pontos Vamos fazer tudo para sermos mais felizes que o FC Porto."

Por sua vez, Sérgio Conceição defende que este vai ser “um jogo de extrema dificuldade” perante “uma das equipas mais difíceis da Europa a jogar em casa”.

"Eu disse que o jogo com o Benfica era muito importante, mas não era decisivo, disse isto na antevisão do clássico. Decisivos são todos os jogos até ao fim da época. O campeonato não depende de nós, temos de encurtar distâncias e só ganhando é que conseguimos isso. O nosso foco é esse, trabalhar da melhor forma possível para que possamos conquistar os três pontos. Não sabemos qual é o jogo decisivo do campeonato. É fundamental não perder pontos à medida que o campeonato se aproxima do fim", afirmou o técnico portista.

"[Vitória de Guimarães] É um adversário muito forte, que joga bem e no seu estádio, talvez das equipas mais difíceis, não só no panorama nacional, mas mesmo na Europa. Na Liga Europa teve jogos conseguidos contra adversários que têm peso e nome. É uma equipa bem trabalhada, orientada, com excelentes jogadores, é uma tarefa bastante difícil para nós, conheço bem a paixão dos adeptos, o quão é difícil jogar naquele ambiente", lembrou ainda.

O Vitória de Guimarães-FC Porto arranca às 17h30 deste domingo e terá arbitragem de Luís Godinho. O árbitro da AF Évora será auxiliado por Valter Rufo e Luciano Maia, com David Silva a desempenhar o papel de quarto-árbitro. Nuno Almeida é o VAR, assistido por Venâncio Tomé.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.