O futebolista holandês Ricky van Wolfswinkel disse hoje que espera ajudar o Sporting a subir a um patamar mais elevado, deixando ainda elogios ao compatriota Stijn Schaars, último reforço dos “leões”.

«Penso que vamos ter uma grande equipa. Chegaram alguns novos jogadores, como eu e o Schaars, e queremos mostrar-nos. Todos queremos levar o Sporting para um patamar mais elevado», afirmou.

Sobre o seu compatriota, o avançado disse que «é um grande jogador» e que os adeptos do Sporting o vão comprovar na próxima temporada.

«Toda a gente pensava que ele ia para o PSV, mas o Sporting conseguiu contratá-lo. É um grande jogador e vão poder vê-lo no próximo ano», referiu.

Van Wolfswinkel recusou adiantar um número de golos para marcar na próxima temporada, mas deixou a promessa de «trabalhar muito e tentar marcar o máximo» possível.

«A única coisa que posso prometer é que vou dar 120 por cento, vou trabalhar muito duro pelo clube. O clube tem grandes adeptos que trabalham muito e esperam que os jogadores possam dar o máximo. Vou tentar marcar, mas não sei quantos. Vou trabalhar muito pelo clube», afirmou.

O holandês, de 22 anos, disse que ainda não falou com o treinador dos “leões”, Domingos Paciência, e deixou elogios ao centro de estágios do Comité Olímpico Holandês, em Papendal, noticiado como um dos possíveis locais para a pré-época do Sporting.

«Os primeiros oito anos da minha carreira foram passados em Papendal. Tem um excelente ambiente, de campo, muito calmo, rodeado por bosques. É um excelente sítio», considerou.

Ricky van Wolfswinkel foi uma das figuras do Dia do Jubas, que levou cerca de 5.000 pessoas ao Estádio José Alvalade, dizendo que a recepção que teve «não se parece nada com a Holanda» e que sentiu estar «um passo à frente do que estava» no seu país.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.