O FC Porto bateu o Estoril por 3-2 num grande espetáculo de futebol, num jogo em que não faltou polémica, com os 'canarinhos' a verem ser-lhes invalidados dois golos. Um com o resultado ainda em 0-0 e outro quando venciam por 2-1, a meio da segunda parte.

Ao minuto 31, saída do Estoril Praia no contra-ataque, passe de Rosier para Bruno Lourenço, este deixou para Chiquinho, que rematou rasteiro para o fundo da baliza portista. O árbitro auxiliar, contudo, levantou a bandeirola e o lance foi alvo de VAR, que acabou por confirmar a anulação do golo. Bruno Lourenço estava adiantado 14 centímetros quando recebeu a bola.

Aos 62 minutos, canto de André Franco, Rui Fonte no coração da área desviou de cabeça para dentro da baliza portista, mas António Nobre interrompeu o lance por falta ofensiva de Gamboa sobre Evanilson ao primeiro poste.

Veja as melhores fotos do encontro

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.