O treinador português do Zenit garantiu que no final da época não irá regressar a Portugal para suceder José Peseiro.

Recorde-se André Villas-Boas vai deixar o comando técnico dos russos do Zenit, adversário desta tarde do Benfica na Champions, e referiu “seguramente” que não será o próximo treinador portista, em declarações à RTP.

Depois da derrota em casa do SC Braga, Villas-Boas admitiu que “ficou tudo mais difícil” para os Dragões.

“Mas espero que o FC Porto se intrometa na luta. Vai ser uma luta difícil para Benfica e Sporting, que sabem que não podem escorregar”, disse.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.