Villas-Boas garantiu o título à 25.ª jornada, a cinco do final, com um triunfo por 2-1 sobre o campeão em título Benfica em pelo Estádio da Luz, numa época em que o FC Porto até agora apenas cedeu dois empates, pelo que está na rota de realizar a melhor época de sempre no futebol português.

Aos 33 anos, Villas-Boas tornou-se o quinto técnico a conseguir ganhar o campeonato português logo na primeira temporada em que dirige uma equipa desde o início. Um feito que nos “Dragões” só foi alcançado por José Mourinho, em 2002/03.

O actual treinador do Real Madrid tinha terminado a época anterior, substituindo Octávio Machado no comando dos “azuis e brancos”, e passado pelos bancos de Benfica e União de Leiria, mas só então dirigiu uma equipa durante uma temporada completa.

Além do campeonato, ganho com 11 pontos de vantagem sobre o Benfica, Mourinho conquistou ainda a Taça UEFA, ao bater o Celtic de Glasgow na final de Sevilha, e a Taça de Portugal, derrotando a União de Leiria no Jamor.

No Benfica, só Toni se sagrou campeão na primeira época completa como treinador principal, na época 1988/89, depois de ter substituído, também na temporada anterior, o dinamarquês Ebbe Skovdhal.

Nessa temporada, os “encarnados” foram surpreendidos pelo Belenenses na final da Taça de Portugal (2-1), e não foram além da segunda ronda da Taça UEFA, derrubados pelos belgas do Liége.

Em 1973/74, Mário Lino, que tinha assumido a liderança do Sporting após a 25.ª jornada da época anterior, substituindo o inglês Ronnie Allen, também levou os “Leões” à conquista do campeonato.

No entanto, Mário Lino, que levou o Sporting às meias-finais da Taça das Taças, tendo sido derrotado pelo Magdeburgo, não teve muito tempo para festejar e nem orientou os “verde e brancos” na final da Taça dessa mesma época, cuja conquista já foi celebrada pelo seu adjunto Osvaldo Silva.

Tavares da Silva, coadjuvado pelo húngaro Josef Szabo, sucedeu no início de 1953/54 ao britânico Randolph Galloway, que se sagrou tricampeão, e assegurou o quarto triunfo consecutivo para os “Leões”, ao qual juntou ainda a vitória na Taça de Portugal, ao derrotar na final o Vitória de Setúbal.

Veja o FC Porto - Especial Campeão 2010/2011

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.