Roderick Miranda, defesa central de 22 anos, considerou esta segunda-feira que não deu um passo atrás na sua ao trocar o Benfica pelo Rio Ave, da I Liga portuguesa de futebol, com o qual assinou um contrato de cinco épocas.

«Não considero que tenha sido um passo atrás na carreira. No Rio Ave, provavelmente, terei possibilidade de fazer mais minutos, porque no Benfica as portas estavam fechadas e havia muita competição no plantel», afirmou o jovem defesa.

O jogador mostrou-se «entusiasmado» com as condições que encontrou no Rio Ave, garantindo que foi «muito bem recebido» e revelando-se «contente pelos métodos de trabalho do grupo».

«Desde há três anos que tenho sido associado ao Rio Ave, o que é muito bom porque demonstra que estavam muito interessados em mim. Este ano decidi finalmente vir para cá e estou muito contente com os primeiros dias no clube», acrescentou Roderick.

Com o objetivo de «ajudar a equipa a atingir as suas metas e continuar a evoluir como jogador», o central revelou disponibilidade para jogar como defesa ou médio.

«Já fiz alguns jogos a médio, mas claramente sou defesa central. No entanto, se tiver que fazer alguns jogos no meio-campo não será estranho», afirmou.

Roderick Miranda, que atuou na segunda metade da época passada no Deportivo da Corunha e a outra na equipa principal do Benfica, desvinculou-se recentemente do emblema da Luz, e no sábado foi apresentado como reforço do Rio Ave para 2013/14.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.