O presidente da Comissão de Arbitragem da Liga de clubes, Vítor Pereira, foi hoje presenteado com o “Prémio Especial de Árbitros” da Federação Internacional de Futebol (FIFA) pela sua carreira como “juiz de campo” e dirigente.

«Este é um momento único na minha vida. É o corolário de 23 anos de carreira como árbitro, sendo que 11 deles foram passados enquanto árbitro internacional ao serviço da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) e do meu País, sendo também o culminar de mais nove anos enquanto dirigente da arbitragem, quer em termos nacionais, quer internacionais», afirmou Pereira, citado pelo sítio oficial na Internet da FPF.

O galardão foi entregue ao laureado pelo presidente da FPF, Gilberto Madail, na sede do organismo em Lisboa, na presença de membros da direção, do secretário-geral, Ângelo Brou, e do presidente do Conselho de Arbitragem, Carlos Esteves.

«O meu desejo é, pois, continuar a pugnar por uma melhor arbitragem, mais competente, credível e capaz, que consiga garantir uma grande representação dos árbitros portugueses nas competições internacionais. Estarei sempre disponível para contribuir para a melhoria da arbitragem nacional e internacional», disse ainda Pereira.

O antigo árbitro, com 54 anos, iniciou-se na época de 1979/80 e terminou a carreira 23 épocas passadas, em 2002. No primeiro escalão nacional, dirigiu 173 jogos, além de outros 104 encontros de competições internacionais, destacando-se as presenças nos Mundiais França1998 e Coreia do Sul/Japão2002, nos Europeus Bélgica/Holanda2000 e em três finais de provas continentais (Supertaça, Taça UEFA e Taça Intertoto).

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.