O Vitória de Guimarães voltou a tropeçar e somou a quarta partida sem vencer na I Liga, depois de empatar a duas bolas, em casa, frente ao Farense, no jogo em atraso da 14.ª jornada, numa partida em que esteve a vencer por duas vezes.

Os vimaranenses colocaram-se em vantagem aos 14 minutos, quando Pepelu, na sequência de um canto, apareceu junto ao segundo poste para cabecear para o fundo da baliza.

Os algarvios retomaram a igualdade no marcador através de uma grande penalidade, marcada após falta de Jorge Fernandes sobre Madi Queta. Ryan Gauld não desperdiçou e fez o 1-1 aos 21 minutos.

A equipa da casa voltou a colocar-se em vantagem ainda antes do intervalo quando Marcus Edwards, após passe de André André, coloca a bola no pé esquerdo e remata à entra da área para o 2-1 aos 36'.

No segundo tempo, o Farense viu-se reduzido a 10 unidades aos 60 minutos, depois de Alex Pinto ver o segundo amarelo após falta sobre Rochinha, mas a inferioridade numérica não evitou que a equipa de Faro chegasse ao empate.

Aos 79 minutos, e depois de um lançamento lateral de Abner, Stojiljkovic apareceu no sítio certo para aproveitar uma falta dos centrais do Vitória e cabecear para o 2-2.

Apesar da pressão do Vitória, os algarvios até voltaram a encontrar o caminho para a baliza quando Hugo Seco atirou para o fundo da baliza defendida por Varela, mas o lance foi invalidado por fora de jogo.

Com o empate, o Vitória perdeu a possibilidade de ficar a um ponto do quinto lugar ocupado pelo Paços de Ferreira, em vésperas do duelo entre as duas equipas e segue com 32 pontos, a três dos castores.

Já o Farense subiu à 14.ª posição do campeonato, com 17 pontos, um ponto acima da linha de água.

*Última atualização às 23h49

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.