O Vitória de Setúbal repudiou, em comunicado, as declarações de Francisco J. Marques, diretor de comunicação do FC Porto, que em declarações no Porto Canal levantou suspeitas sobre uma "intencionalidade" de Éber Bessa em lesionar Danilo no encontro de sábado entre as duas equipas.

"A SAD do Vitória FC lamenta e repudia veementemente as declarações do Diretor de Comunicação do FC Porto, considerado as mesmas, injuriosas, falsas e caluniosas, colocando em causa o bom nome, quer do nosso atleta, quer desta Instituição que deveria merecer por parte do referido funcionário do FC Porto, maior respeito e consideração", pode ler-se na nota publicada no site oficial dos sadinos.

"Os jogadores do Vitória Futebol Clube entram em campo, apenas e só, com um único objetivo em mente: defender e honrar um emblema centenário, cuja história no futebol português tem sido feita, apenas e só, de desportivismo e fair-play, reconhecido por todos no mundo do futebol, ao longo dos seus 108 anos de existência, lutando sempre dentro de campo de forma abnegada e com o objetivo de vencer independentemente do adversário", acrescenta o mesmo documento.

Recorde-se que Danilo Pereira saiu lesionado do encontro após falta cometida por Éber Bessa.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.