O golo veio cedo, logo aos 12 minutos, depois de um canto marcado por Cristiano e que Ricardo, de cabeça, não falhou. colocando desta forma a equipa da casa à frente do marcador.

Desde aí, nenhuma das equipas colocou-se na defensiva, exisitindo várias oportunidades de golo.

Aos 21 minutos, Belluschi remata à trave e a bola ainda bate na linha de golo da baliza de Cássio.

O Paços de Ferreira tentava sempre aproximar-se da baliza de Helton e, aos 31 minutos, após cruzamento de Filipe Anunciação, Baiano falha por pouco um cabeceamento que poderia ser perigoso para a baliza do guarda-redes dos dragões.

Na segunda parte, Falcão entra para o lugar de Raul Meireles e Farías deu lugar a Varela.

Aos 8 minutos da segunda parte, Hulk é expulso ao ver o 2º amarelo após uma falta sobre Danielson. 

O Paços colocou-se mais à defensiva enquanto que os azuis e brancos tentavam a todos os custos chegar até à baliza de Cássio. Fucile deslocava-se mais pela ala direita do campo e foi por este lado que cruzou para a cabeça de Falcão e este não falhou, marcando o golo do empate e o primeiro do colombiano com a camisola do FC Porto.

Depois das vitórias do FC Porto na Taça de Portugal e na Supertaça contra o Paços de Ferreira, os dragões conseguem levar apenas um ponto para as Antas, não começando da melhor forma a Liga Sagres 2009/2010.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.