A equipa açoriana, agora com 43 pontos, deixou-se ultrapassar pelo Portimonense, que está a dois do líder, Beira-Mar (46 pontos).

O Santa Clara apostou no ataque praticamente durante todo o jogo no Estádio de São Miguel, mas não conseguiu ultrapassar uma linha defensiva compacta do Sporting da Covilhã.

O tento inaugural da partida, um auto-golo da Machado, premiou a constante pressão do Santa Clara, que, momentaneamente, provocou desorientação na defesa do Sporting da Covilhã.

A resposta da equipa visitante surgiu pouco antes do apito para intervalo, numa jogada de contra-ataque, com Zezinho, solto de marcação na área, a negar qualquer hipótese de defesa a Matt Jones.

No regresso dos balneários, coube ao Covilhã a primeira oportunidade de concretização, com Edgar, aos 51 minutos, a obrigar o guarda-redes dos "encarnados" de Ponta Delgada a esforçar-se para impedir o golo.

A equipa visitante chegou, porém, poucas vezes com perigo à área do Santa Clara, que, na fase final da partida, insistiu sem sucesso nos remates à baliza.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.