O CD Fátima e o Desportivo das Aves empataram hoje 0-0, num jogo da 21ª jornada da Liga de Honra de futebol no qual a transpiração prevaleceu sobre a inspiração.

Um remate à barra de cada uma das balizas foi o melhor que se viu em 90 minutos, durante os quais a bola foi quase sempre maltratada pelos criativos das duas equipas.

Na primeira parte, Kata protagonizou o lance mais perigoso da sua equipa, ao levar a bola ao ferro na sequência de um pontapé de canto. No segundo tempo foi Pedro Pereira a atirar à barra num cruzamento/remate.

Pelo meio, muito pouco para contar, com as duas equipas a procurarem os três pontos, mas sem grandes argumentos para o fazer, com passes mal medidos e pouca capacidade para construir lances de perigo.

A expulsão de Varela, a meio da segunda parte, condicionou as ambições dos ribatejanos, já que ficaram privados de uma unidade numa fase em que estavam melhor do que o adversário.

A partir daí, o Aves voltou a ter mais posse de bola, obrigando o CD Fátima a recuar no terreno e a abdicar da luta pelos três pontos, segurando um ponto na luta pela permanência.

Após este nulo, o CD Fátima igualou Sporting da Covilhã no 15.º lugar, somando 18 pontos, enquanto o Desportivo das Aves caiu para nono, com 28.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.