O Gil Vicente começou com o pé direito a nova época. Com ascensões à subida, a equipa de Barcelos teve em Cesinha a sua arma secreta, já que o jogador foi a figura do encontro ao sair do banco para fazer dois golos.

Após o 0-0 ao intervalo, a segunda parte foi muito diferente e o Penafiel inaugurou o marcador logo aos 53 minutos, num cabeceamento de Vagner Eugénio, na sequência de um canto.

Na reacção, os gilistas, por Cesinha, empataram aos 58 minutos e aos 63 minutos passaram mesmo para a frente do marcador, com um golo de Alexandre Matão.

O resultado final chegou, novamente, por Cesinha, aos 72 minutos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.