Os responsáveis do Desportivo de Chaves, da II Liga portuguesa de futebol, reuniram hoje com o executivo camarário local para reclamar apoios “essenciais” para a realização de obras no estádio, exigidas pela Liga Portuguesa de Futebol Profissional.

O Estádio Municipal Eng.º Manuel Branco Teixeira, inaugurado em 1949 e com uma lotação de 9.000 lugares, necessita, entre outras alterações, de um túnel de acesso comum aos dois balneários, câmaras de segurança e uma nova sala de imprensa.

“Foi uma reunião sobre compromissos das duas partes, mas de onde não saiu nenhuma decisão", afirmou à agência Lusa o presidente do clube de Trás-os-Montes, Bruno Carvalho.

Nos últimos jogos da época 2014/15, em que o Desportivo de Chaves falhar a subida à I Liga na última jornada, o recinto acolheu uma média de 3.000 espetadores.

A direção do clube, que assumiu a sua liderança em 2011, após um processo de insolvência que quase ditou o seu fim, pediu também mais apoios para as camadas jovens.

O Desportivo de Chaves vai a eleições no próximo dia 26 de junho, dado a atual direção ter terminado o mandato, tendo as listas de ser entregues até dia 19.

“Até ao momento não foi entregue qualquer lista para a direção do clube”, avançou Bruno Carvalho.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.