Cova da Piedade e Vizela registaram este sábado um nulo em partida da 19.ª jornada da II Liga, resultado que castiga a inépcia atacante das duas equipas.

E se o Vizela é, até ao momento, o campeão dos empates da II Liga (tem onze), o Cova da Piedade não teve arte e engenho para alcançar o triunfo, tendo realizado uma das piores exibições da época em termos ofensivos.

Após este resultado, a equipa da margem sul do Tejo ocupa, ainda que provisoriamente, o terceiro lugar da competição, com 32 pontos, mais um do que o Santa Clara e mais dois do que a Académica de Coimbra, que só jogam este domingo.

Aos 33 minutos, surgiu a primeira oportunidade do jogo para o Vizela, por Mário Mendonça, que rematou já dentro da área contra o corpo do defesa piedense Miguel Ângelo, com a bola a sair pela linha de fundo. A jogada começou numa incursão pela esquerda do avançado cabo-verdiano Kukula.

A primeira parte terminou com um nulo, resultado que castigava a escassa ousadia ofensiva dos dois conjuntos, nomeadamente por parte do Cova da Piedade, equipa que se revelou pouco atrevida nas ações atacantes, com o guarda-redes Paulo Ribeiro a não fazer qualquer defesa nos primeiros 45 minutos.

Sergio Bóris, técnico da equipa almadense, tirou Marco Bicho e lançou em campo o avançado Irobiso, com o óbvio intuito de dar profundidade ofensiva ao seu conjunto. Mas seria o Vizela que, aos 60 minutos, fez embater a bola na barra na sequência de um golpe de cabeça de Miguel Oliveira a concluir mais um lance de bola parada.

Com a entrada de Ricardo Barros, o Cova da Piedade ganhou maior acutilância no ataque, mas não conseguiu desfazer o empate. E até seria o Vizela a criar a maior hipótese da partida, aos 86 minutos, mas o central Danielson tirou a bola sobre a linha de golo, já com o guarda-redes Pedro Alves batido.

Em suma, o Vizela acabou por deter as melhores oportunidades de golo, enquanto o Cova da Piedade nunca conseguiu impor a sua habitual estratégia, assente num estilo de jogo equilibrado e eficaz no ataque.

Jogo no Estádio Municipal José Martins Vieira, na Cova da Piedade, Almada.

Cova da Piedade-Vizela: 0-0.

Equipas:

- Cova da Piedade: Pedro Alves, Chico Gomes, Miguel Ângelo, Danielson, Evaldo, Soares, Marco Bicho (Irobiso, 55), Robson (Siaka Bamba, 67), André Carvalhas (Ricardo Barros, 73), Dieguinho e Rui Varela.

(Suplentes: Guilherme, Filipe Godinho, Roberto Cunha, Siaka Bamba, Irobiso, Ning e Ricardo Barros).

Treinador: Sérgio Boris.

- Vizela: Paulo Ribeiro, João Pedro, João Cunha, Miguel Oliveira, Elízio, Luís Ferraz, Tiago Martins (Alex Porto, 68), Homero (Helinho, 81), Lamelas, Mário Mendonça (Felipe Augusto, 65) e Kukula.

(Suplentes: Tiago Guedes, Alex Porto, Felipe Augusto, Dani Coelho, Tiago Ronaldo, João Sousa e Helinho.

Treinador: Ricardo Soares.

Árbitro: Bruno Vieira (AF Beja).

Ação disciplinar: cartão amarelo para Miguel Oliveira (10 minutos), Soares (51), Elísio (66), Chico Gomes (70), Dieguinho (85), Lamelas (86), Luís Ferraz (86).

Assistência: cerca de 700 espectadores.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.