Um golo do jovem João Silva, já em tempo de compensação (94), deu o empate para a formação da Vila das Aves, que jogou quase toda a segunda metade da partida com menos um elemento devido à expulsão de Sérgio Nunes.

Numa primeira parte marcada pelo frio que se fez sentir esta tarde em Penafiel, lances dignos de registo só se verificaram já em cima do intervalo, tendo as duas equipas desperdiçado boas situações para se adiantarem no marcador.

A segunda metade do encontro abriu com uma soberana ocasião para o Penafiel abrir o ativo, mas Vítor não foi capaz de transformar uma grande penalidade que castigou falta de Sérgio Nunes sobre Kanu, tendo a equipa da Vila das Aves ficado reduzida a 10 unidades com a expulsão, por acumulação de amarelos, de Sérgio Nunes.

Dois minutos depois, aos 49, Luís Reforço assinalou novo castigo máximo a favorecer o Penafiel, a penalizar mão de Nuno Pedroso na área, e que Josué, desta feita, não desperdiçou.

A jogar com menos um elemento quase toda a segunda parte, tal e qual como havia acontecido no encontro da jornada anterior diante o Trofense, o Desportivo das Aves não se acanhou e tentou chegar ao empate.

O golo do Aves acabaria por chegar já em tempo de compensação. Aos 94 minutos, João Silva ganhou em esforço aos centrais do Penafiel e na cara de Zé Eduardo atirou para o fundo da baliza.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.