Um resultado algo injusto uma vez que empate ajustava-se melhor ao que se passou em campo, já que a equipa visitante dispôs de mais oportunidades de golo, inclusive uma bola na trave no último minuto de jogo.

O Desportivo das Aves, porém, foi mais eficaz e com esta vitória ultrapassou a Oliveirense na tabela classificativa e aproximou-se dos lugares cimeiros.

Os golos aconteceram todos na primeira parte, o melhor período da partida: aos 06 minutos, Tiago Valente, assistido por Jorge Duarte, empurrou para dentro da baliza após canto da esquerda, mas, pouco depois (09), Laranjeira empatou a partida, de livre directo.

A Oliveirense foi a melhor equipa em campo na primeira parte e, aos 17 minutos, Chico Silva, também de livre directo, pôs Hugo Ferreira à prova e um minuto depois Cícero cabeceou por cima já na pequena área.

A equipa avense raramente conseguia uma jogada com princípio, meio e fim, e a Oliveirense mostrava-se sempre perigosa de bola parada, tendo obrigado novamente Hugo Ferreira a empenhar-se a um remate de Laranjeira, aos 38 minutos.

Aos 43 minutos, contra a corrente de jogo, o Desportivo das Aves marcaria o segundo golo que lhe garantiu a vitória com um remate seco de Júlio César, após mau alívio da defesa da Oliveirense para o centro da área.

Na segunda parte, as condições climatéricas - muita chuva e frio - e o mau estado de terreno condicionaram a qualidade do jogo e as equipas criaram menos ocasiões.

A Oliveirense tentou chegar ao empate e esteve perto disso, primeiro com um remate em arco de Chico Silva (79) que Hugo Ferreira defendeu com dificuldade e depois, por Jorginho que, de cabeça, ficou a poucos centímetros do alvo.

No último minuto de descontos, Chico Silva, novamente de livre directo, enviou a bola à trave.

Jogo disputado no Estádio Clube Desportivo das Aves, na Vila das Aves.

Desportivo das Aves - Oliveirense, 2-1.

Ao intervalo: 2-1.

Marcador:

1-0, por Tiago Valente, aos 06 minutos.

1-1, por Laranjeira, aos 09.

2-1, por Júlio César, aos 43.

Equipas:

- Desportivo das Aves: Hugo Ferreira, Leandro, Tiago Valente, Sérgio Nunes, Pedro Geraldo, Jorge Duarte, Júlio César, André Carvalho (Éder Diego, 78), Pedro Pereira (Luciano, 84), Uederson (João Silva, 66) e Luisinho.

(Suplentes: Rui Faria, Grosso, Éder Diego, Luciano, Xano, João Silva, Vítor Hugo).

- Oliveirense: Tó Ferreira, Queirós, Laranjeira, Banjai, Chico Silva, Godinho, Magano (Jorginho, 78), Robson (Bafode, 46), João Pedro (Ronaldo, 66), Pascal e Cícero.

(Suplentes: Jorge Silva, Vítor, Bafode, Ronaldo, Pedrinho, Jorge Humberto, Jorginho).

Árbitro: Luís Reforço, de Setúbal.

Acção disciplinar: cartão amarelo para Chico Silva (42), Pascal (90+4), Éder Diego (90+4).

Assistência: cerca de 500 espectadores.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.