“A entrada numa equipa que disputa a subida à Liga significa uma oportunidade de acesso ao primeiro escalão do futebol português”, declarou o jogador, na conferência de imprensa da sua apresentação.

Diogo Silva, de 26 anos, jogava no Farul Constanta (Roménia), depois de em Portugal representar clubes como o Portimonense, Portosantense, Felgueiras e Penafiel.

“Nas equipas que integrei, fui sempre a ser titular", sublinhou o novo central dos “encarnados” de Ponta Delgada, quando questionado sobre a possibilidade de vir a ser escolhido pelo treinador Vítor Pereira.

Acerca da sua experiência romena, Diogo Silva, que iniciou a carreira no Estrela da Amadora, considerou que a mesma constituiu a "oportunidade para conhecer outro futebol".

Além de se definir como um central com "experiência, capaz de acompanhar o ataque, se for preciso", o novo jogador do Santa Clara referiu-se às dificuldades encontradas no futebol da Roménia, em especial no que se refere a salários.

A direção do clube espera que o novo central possa alinhar no próximo jogo da Liga de Honra, em que a equipa açoriana, segunda classificada com 29 pontos, enfrenta o Oliveirense (quinto classificado).

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.