Um Penafiel eficaz venceu hoje no terreno do Vitória de Guimarães B por 4-2, em jogo da 41.ª e penúltima jornada da II Liga de futebol.

Ao contrário do que o resultado indicia, os vimaranenses dominaram o jogo durante os 90 minutos e desperdiçaram muitas ocasiões de golo, ao passo que a equipa penafidelense marcou quatro golos nas poucas incursões que fez à baliza de Assis.

O Penafiel colocou-se em vantagem, logo aos cinco minutos, através de um livre de Vítor Bruno, que enganou o guarda-redes Assis, tapado por jogadores das duas equipas.

Apesar de já estar despromovida, a formação vimaranense entrou em jogo desinibida e poderia ter marcado logo a abrir por Tiago Almeida (três minutos), Marco Matias (10) e Crivellaro, que atirou ao poste (12).

A turma de Miguel Leal aproveitou o desperdício vitoriano para ampliar o resultado, mais uma vez por Vítor Bruno. O lateral esquerdo apareceu isolado no corredor e, diante Assis, rematou para o 2-0 (13 minutos).

Pouco antes do intervalo, o Penafiel ainda fez o terceiro golo, por Diogo Viana, após incursão pelo flanco direito do ataque (43 minutos).

A equipa da casa continuou a assumir a partida no segundo tempo e o "perdulário" Tiago Almeida falhou mais dois lances flagrantes para golo (58 e 64 minutos), mas o recém-entrado Areias, reduziu a desvantagem vimaranense para 3-2, com dois golos muito oportunos, aos 68 e 73 minutos.

A equipa de Guimarães fez um "forcing" final para empatar a partida, mas acabou por sofrer o 4-2, num lance caricato, em que a bola ressaltou em Assis e Pedro Coronas, fazendo uma trajetória semelhante a um "chapéu" (84 minutos).

O Vitória B, já despromovido, continua no último lugar da II Liga, com 30 pontos, enquanto o Penafiel está no décimo lugar da tabela, com 57 pontos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.