A câmara de Famalicão vai construir um centro desportivo dedicado ao BTT e ao atletismo, no valor de 1,5 milhões de euros, indicou hoje a autarquia.

O projeto - que inclui pista de atletismo e edifícios de apoio aos atletas e público - vai nascer em terrenos municipais no lugar do Talvai, zona norte da cidade de Vila Nova de Famalicão, distrito de Braga, e será construído em duas fases ao longo de três anos.

Em nota camarária lê-se que a primeira fase de obras "arranca durante este ano de 2016 e inclui a componente de atletismo que permitirá a prática das mais de duas dezenas de disciplinas atléticas" e é sublinhado que este projeto é "muito ansiado pelos famalicenses".

Já a segunda fase de obras decorrerá a partir de 2018 e contemplará a construção da bancada e de um centro de BTT.

A autarquia de Famalicão garante que este centro desportivo estará preparado para competições nacionais e internacionais, referindo, aliás, que o projeto respeita as exigências técnicas do Instituto Nacional do Desporto, bem como o Regulamento da FIAA - Federação Internacional de Atletismo Amador.

A pista de atletismo será constituída por oito corredores em piso sintético, um campo interior em prado para a prática de várias disciplinas do atletismo e uma área adjacente para lançamento de martelo, disco e pesos.

Quatro torres de iluminação permitirão que as modalidades sejam praticadas em horários noturnos.

As bancadas têm capacidade para cerca de 480 espetadores, enquanto o edifício de apoio à pista é constituído por dois pisos, somando-se um segundo edifício de apoio ao centro de BTT e na praceta que serve de receção estará localizada uma pista de ‘pump track' que servirá de apoio à formação e iniciação desta modalidade, bem como ao aperfeiçoamento da técnica.

Na apresentação do projeto, o presidente da câmara, Paulo Cunha, falou da proximidade deste futuro equipamento à ecopista já existente entre Famalicão e a Póvoa de Varzim, realçando que as duas obras "estarão em sintonia".

Paulo Cunha salientou que esta infraestrutura dá resposta a uma "necessidade evidente do concelho" e tem como finalidade "incentivar ainda mais a vocação competitiva dos famalicenses".

"A obra tem como principal objetivo contribuir para o desenvolvimento da condição física e moral da comunidade que serve, permitindo em simultâneo a prática desportiva ao nível da formação, lazer e competição, possibilitando deste modo superar carências e dissonâncias existentes neste setor", acrescenta a descrição do projeto.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.