Ainda não estavam decorridos cinco minutos de jogo quando João Pereira assinou o único golo na sequência de um pontapé de canto.

O golo surgiu após uma jogada de contra-ataque com Nuno Sousa a permitir o corte de Pedro Santos para canto, já depois de ter ultrapassado o guarda-redes contrário.

Os poveiros não tardaram a reagir e volvidos três minutos Dedé enviou uma bola à barra, após bom trabalho de Bruno Moreira no flanco esquerdo.

O Varzim cresceu e esteve melhor nos lances de bola corrida, perante um adversário sempre muito perigoso nos lances de bola parada.

No reatamento Diamantino Miranda povoou o meio campo, adaptando, com eficácia, a equipa às contingências do jogo.

As alterações tornaram os ribatejanos mais equilibrados e com maior ligação entre os sectores, apesar da bola, no segundo tempo, ter andado quase sempre longe das duas balizas.

O CD Fátima somou os primeiros pontos na competição, enquanto o Varzim continua sem somar pontos, registando duas derrotas pela margem mínima.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.