O golo dos homens de Carlos Garcia foi da autoria de Roberto, à passagem do minuto 70, na sequência de um pontapé de canto, mantendo desta forma o sonho da subida da equipa de Santa Maria da Feira.

Curiosamente este golo surgiu após os locais, por duas vezes, terem estado perto de marcar, mas o Feirense mostrou-se mais objectivo e não deixou fugir a oportunidade.

A partida iniciou-se com um Carregado disposto a lutar pela vitória, atendendo que precisava muito de pontos, mas o Feirense também veio com um propósito claro de vencer.

Muito rápido de movimentos na frente de ataque, o Feirense teve uma grande ocasião de golo por Ludovic, mas o excelente remate foi à trave, aos 19.

O reatamento trouxe um Carregado mais afoito, mas, numa desatenção defensiva aos 70 minutos, Roberto, o "matador" de Santa Maria da Feira, colocou o Feirense em vantagem e praticamente "selou" as possibilidades de permanência do Carregado na Liga de Honra.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.