Flávio Paulino, médio brasileiro de 26 anos, rescindiu hoje o contrato que o ligava ao Sporting da Covilhã, clube da II Liga de futebol que também oficializou a saída do ponta-de-lança Mailó, emprestado pelo Belenenses.

O jogador brasileiro, na segunda época ao serviço dos serranos, onde foi apresentado como um médio tecnicamente muito evoluído, sofreu várias lesões e está novamente a contas com um problema físico, pelo que ambas as partes entenderam ser preferível a desvinculação.

"Tive lesões no ano passado, também este ano, e isso atrapalhou-me. Tive oportunidade de jogar, mas não tive uma sequência, como gostaria. As lesões não me deixaram mostrar todo o potencial", lamentou Flávio Paulino à agência Lusa.

O médio, que na última época fez 15 jogos e esta temporada alinhou em nove encontros, vai ficar mais alguns dias na Covilhã e parte depois para o Brasil, onde quer recuperar mais próximo da família.

"Estou sem clube. Volto para o Brasil, mas parto com muito carinho pelo Sporting da Covilhã e por toda a gente. Este foi um lugar de que gostei muito. Fico triste por ir embora, mas chegámos a acordo e foi uma vontade de ambas as partes", disse o brasileiro.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.