O Freamunde venceu hoje em casa o Penafiel, por 1-0, e garantiu a permanência na Liga de Honra de futebol, num jogo com duas expulsões, beneficiando da conjugação de resultados nesta última jornada da prova.

Os locais cumpriram a obrigação de vencer o seu jogo diante de um tranquilo Penafiel, única condição para ainda acalentarem esperanças na permanência, mas tiveram de sofrer enquanto não terminavam todas as partidas desta derradeira jornada.

João Rodrigues, aos 53 minutos, marcou o golo que garantiu os três pontos, após assistência de Bock, na melhor fase do Freamunde, num jogo vivido mais com o coração do que com a cabeça.

Os forasteiros dispuseram da única oportunidade de golo da primeira parte, mas Pedro Coronas, aos 29 minutos, errou a baliza de Tó Figueira, que, aos 61 minutos, já com o Freamunde em vantagem, podia ter deitado tudo a perder, quando foi expulso por entrada imprudente sobre Elízio, de quem sofrera falta na área.

O Penafiel tentou chegar-se à frente, quase sempre sem grande ligação, mas Diogo Viana, no espaço de cinco minutos, aos 67 e 73, viu dois cartões amarelos e deixou a equipa também reduzida a 10 elementos até ao final de um jogo intenso.

No final de um jogo que garantiu ao Freamunde, com 34 pontos, os jogadores ficaram no relvado à espera da confirmação das descidas de Portimonense, derrotado na Madeira com o União (2-1), e do Sporting da Covilhã, que empatou na casa do promovido Moreirense (2-2).

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.