Os “encarnados” de Ponta Delgada tinham já anunciado a dispensa de outros nove jogadores utilizados na época 2010/2011 - Ney, Matt Jones, Brigues, Vítor Alves, Diogo Silva, Tó Miguel, Bruno Monteiro, Fajardo e Renan.

Uma nota emitida pela Sociedade Anónima Desportiva (SAD) do Santa Clara justificou as saídas de Gabi e Renato com «desacordo» em matéria de salários.

«A Administração da SAD procurou, por diversas vezes, chegar a uma plataforma de entendimento com os dois médios, [pretendidos pelo treinador Bruno Moura], tendo por base as restrições financeiras devido ao momento de crise que afecta o país, mas em nenhuma circunstância foi possível chegar a um acordo», adianta.

Gabi deixa o Santa Clara depois de duas épocas na equipa, e Renato, que estava cedido a título de empréstimo pelo FC Porto, desvinculou-se do clube de origem, mas recusou na proposta dos açorianos.

A equipa dirigida por Bruno Moura, que terminou a época em nono lugar com 38 pontos, anunciou já a contratação de quatro novos reforços para a época 2011/2012 - Lourenço e Minhoca (médios), Sandro (defesa) e Rafael Broetto (guarda-redes).

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.