O Sindicato dos Jogadores Profissionais de Futebol (SJPF) apresentou hoje, em nome do plantel do Beira-Mar, um pré-aviso de greve dos jogadores da equipa aveirense para as duas últimas jornadas da II Liga.

Na nota, enviada ao clube e ao Ministério da Economia e do Emprego, Secretaria de Estado do Desporto e Juventude, Federação Portuguesa de Futebol e Liga Portuguesa de Futebol Profissional, o SJPF lembra que os futebolistas não recebem salário desde novembro de 2014.

“Considerando que os trabalhadores – jogadores profissionais de futebol – em atividade no Sport Clube Beira-Mar, Futebol SAD se encontram sem receber o seu salário desde novembro de 2014, com consequências graves ao nível pessoal, familiar e profissional”, justifica o Sindicato.

O SJPF refere ainda que o clube aveirense não respeitou “o controlo financeiro” promovido pela Liga e que, ao contrário do prometido, “não disponibilizou, nem garantiu os meios necessários à regularização salarial".

O comunicado esclarece, no entanto, que “os jogadores, logo que sejam liquidados os salários vencidos e não pagos, se comprometem a desconvocar a respetiva greve”.

O Beira-Mar ocupa o 12.º lugar na II Liga de futebol e, nas duas últimas jornadas (45.ª e 46.ª), visita o Leixões e recebe o Académico de Viseu.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.