O Leixões deu hoje um passo atrás na luta pela promoção, ao perder em casa com o Sporting B, por 3-1, numa partida referente à 40.ª jornada da II Liga portuguesa de futebol.

Depois do empate a um golo na ronda anterior, frente ao Guimarães B, a equipa de Matosinhos precisava de um resultado positivo para manter intactas as suas aspirações e não perder de vista o Arouca, segundo classificado com mais dois pontos.

Não foi o que aconteceu e o Leixões sofreu hoje a sua segunda derrota caseira, que surge na pior altura possível, pois faltam apenas duas jornadas para o fim.

A primeira parte correu da pior maneira para o Leixões: a equipa viu-se a perder logo aos cinco minutos, devido a um penálti, consentiu mais dois golos por falhas coletivas (26 e 39), e viu Olegário Benquerença negar-lhe, aparentemente mal, um possível penálti (42) e depois expulsar o seu treinador, Pedro Correia (43)Futebol: 2ª Liga/ Feirense empate com Trofense (1-1).

O Leixões entrou mal, ansioso e nervoso e foi traído pela sua vontade de querer fazer tudo muito depressa, ante um adversário que, ao contrário, chegou a esta jornada sem qualquer pressão.

O Sporting B fez o 1-0 através de uma grande penalidade convertida por Rubio (05), que Malafaia derrubou de um modo que pareceu negligente.

O Leixões teve tudo para empatar após uma fuga de Tiago Borges pela direita, concluída com um cruzamento para terra de ninguém, quando Luís Silva e Calé estavam em muito boa posição para finalizar com êxito.

Tudo se complicou quando Nii Plange aumentou para 2-0, aproveitando uma falha de Nuno Silva. Foi um golo fácil e muito consentido, mas não seria o último.

O Leixões deu sinais claros de algum desnorte e o seu meio-campo foi muito macio e permissivo, ao passo que o Sporting jogou com grande tranquilidade, contra-atacou com muito perigo e soube tirar partido do nervosismo que se foi apoderando do seu opositor.

O 3-0, novamente por Nii Plange, surgiu aos 39 minutos, de cabeça. Uma vez mais, a defesa leixonense facilitou a vida ao conjunto "leonino", não fazendo jus ao facto de ter a defesa menos batida do campeonato (35 golos, com os três que sofreu hoje).

Aos 42 minutos, a bola foi à mão direita de Juary Soares e pareceu haver razão óbvia para penalti, mas Olegário Benquerença assim não entendeu e mandou jogar.

Os adeptos leixonenses contestaram fortemente a decisão do juiz leiriense, a polícia reforçou a sua presença no campo e o treinador Pedro Correia acabou por ser expulso, tendo a primeira parte acabado com os ânimos exaltados, principalmente nas bancadas.

A segunda parte foi bem mais calma e resumiu-se aos esforços atacantes do Leixões em busca de um golo que, porém, só surgiu aos 85 minutos, por Hernâni.

Já era tarde, mesmo apesar de, nessa altura, o Sporting B já estar em inferioridade numérica devido à expulsão de Pedro Mendes.

Jogo no Estádio do Mar, em Matosinhos.
Leixões - Sporting B, 1-3.
Ao intervalo: 0-3.
Marcadores:
0-1, Rubio, 05 minutos (grande penalidade).
0-2, Nii Plange, 26.
0-3, Nii Plange, 39.
1-3, Hernâni, 85.

Equipas:
- Leixões: Rui Sacramento, Steven, Nuno Silva, Nelson (Cadinha, 62), Sequeira (Huguinho, 55), Fábio Santos, Hernâni, Malafaia (Mailo, 46), Calé, Luís Silva e Tiago Borges.
(Suplentes: Matos, Cadinha, Huguinho, Pedras, Zé Augusto, Mailo e Novais).
Treinador: Pedro Correia.
- Sporting B: Ventura, Arias, Juary Soares, Figueiredo, King, Kikas, Pedro Mendes, Rubio (Daniel Podence, 34, Ricardo Tavares, 78), João Mário, Nii Plange (Geraldes, 75) e Betinho.
(Suplentes: Luís Ribeiro, Júlio Alves, Luís Cortez, Daniel Podence, F. Geraldes, R. Tavares, Gael Etock).
Treinador: José Dominguez.
Árbitro: Olegário Benquerença (Leiria).
Ação disciplinar: cartão amarelo para Hernâni (19), Rubio (22), Luís Silva (39), Arias (68), Huguinho (87), Tavares (88) e Geraldes (90+2). Cartão vermelho direto para Pedro Mendes (75).
Assistência: cerca de 1.600 espetadores.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.