O Moreirense foi hoje feliz no triunfo 3-2 na visita à Oliveirense, conseguindo os três pontos numa altura em que o adversário estava mais perto do êxito, em desafio da sexta jornada da Liga de Honra de futebol.

Eficazes, os minhotos chegaram cedo ao 2-0, perante um adversário “adormecido”, mas, depois de ter empatado, já no início do segundo tempo, foi a Oliveirense quem mais procurou o terceiro tento, tendo sido surpreendida em contra-ataque: as equipas estão agora empatadas com oito pontos.

Ricardo Fernandes (7 minutos) inaugurou o marcador, ao desviar na pequena área um livre de Fábio Espinho, com a defesa local parada a ver jogar.

Quatro minutos depois, o último reduto local voltou a ser ineficaz, deixando Fábio Espinho à vontade na área para dar o melhor seguimento a cruzamento de Wagner.

A Oliveirense acabou por despertar e, quando já dominava, Ivan Santos (39 minutos) cruzou na direita para a área, onde o colega Guima chocou com o guarda-redes Ricardo Andrade e o defesa Bru, com a bola a rolar para a baliza desprotegida.

A equipa da casa continuou na mó de cima após o reatamento e o “gigante” Guima empatou aos 54 minutos, cabeceando nas costas do guarda-redes Ricardo Andrade, que saiu em falso.

Os locais foram quem mais trabalhou para chegar ao triunfo, mas, contra a corrente, Bru (73 minutos) recolocou os forasteiros em vantagem, dando o melhor seguimento a cruzamento de Renato Santos.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.