A Oliveirense vai implementar, esta época, medidas, no seio da equipa, que impeçam o viciamento dos jogos devido às apostas online, conforme revelou o presidente da equipa da II Liga de futebol, José Godinho.

O presidente da Oliveirense avançou com estas medidas no seguimento do comunicado da Comissão de Instrução e Inquéritos das Competições Profissionais de Futebol, em que foi revelado que não existissem "indícios suficientes de que alguma infração disciplinar tenha sido cometida, nomeadamente no sentido da manipulação dos resultados dos jogos", referindo-se à denúncia feita pela Federbet da possibilidade de ter existido resultados combinados nas partidas da Oliveirense com Benfica B, Trofense e Portimonense, na temporada de 2013/14.

"Com este comunicado veio comprovar-se tudo o que disse até agora sobre esse assunto. Quando digo alguma coisa é porque sei do que estou a falar. E, apesar de a Oliveirense não ter nada a ver com isto, vou tomar medidas para prevenir que estas situações possam acontecer", revelou José Godinho em declarações à agência Lusa.

"Os jogadores, treinadores e massagistas da equipa estão proibidos de utilizar telemóveis, tablets e internet a partir do momento que entram em estágio para os jogos. E se forem apanhados a fazer apostas no nosso clube serão punidos", revelou ainda.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.