O responsável pelo departamento de hóquei em patins do Santa Clara, Óscar Rocha, vai presidir à Comissão Executiva do clube açoriano da Liga de Honra de futebol, que terá um mandato de seis meses.

Do novo órgão de gestão dos “encarnados” de Ponta Delgada, hoje nomeado pelo presidente da Mesa da Assembleia Geral na sequência da demissão da Direcção, fazem parte quatro dirigentes cessantes – Mário Batista, José Jacinto Dias, Miguel Simas e Carlos Sebastião.

Cruz Marques, que presidiu à Direcção do Santa Clara nas últimas duas épocas, ficou de fora da Comissão Executiva, apesar de se ter declarado disponível.

Na origem da demissão da Direcção, que na época 2009/2010 voltou a falhar o objectivo da promoção, classificando-se em quarto lugar, com menos três pontos que as duas equipas que subiram ao escalão principal – Beira-Mar e Portimonense – está um processo movido em tribunal ao Santa Clara por um filho do presidente.

O presidente da Comissão Executiva da equipa açoriana da Liga de Honra foi adjunto do antigo secretário regional das Finanças Gualter Furtado, exercendo funções de chefia no Serviço Regional de Estatística dos Açores.

O novo órgão de gestão do Santa Clara terá todas as competências da Direcção e mantém-se em funções até à entrada em funcionamento de novos dirigentes eleitos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.