O Penafiel desperdiçou hoje a possibilidade de chegar à liderança da Liga de Honra de futebol, ao empatar 1-1 com o Trofense, em jogo da quinta jornada, decidido da marca de grande penalidade.

Embalado pela perspectiva de, pelo menos por um dia, igualar o Gil Vicente no comando da Liga de Honra, o Penafiel entrou com vontade de construir uma vitória logo nos minutos iniciais, aproveitando a paragem forçada do Trofense que, por culpa das taças, não jogava oficialmente há 20 dias.

No entanto, os visitantes apresentaram-se rápidos e ofensivos, e de um aparentemente inofensivo livre chutado contra a barreira obtiveram a grande penalidade que lhes permitiu adiantarem-se no marcador aos nove minutos. O árbitro Jorge Sousa viu mão de Kanu e assinalou o castigo que Filipe Gonçalves, sozinho diante de Márcio Ramos, não desperdiçou.

A equipa da casa, vinda de uma derrota fora frente ao Estoril, não desmoralizou, criando várias situações de perigo, que acabaram invariavelmente a passar por cima ou ao lado da baliza de Alex Alves, fruto da falta de inspiração de Cascavel.

Lázaro Oliveira percebeu que precisava de uma solução para o desastre ofensivo do Penafiel e trocou o defesa Dias pelo avançado Michel.

A audácia táctica teve como prémio imediato o empate, conseguido aos 42 minutos, também de penalti, concretizado pelo próprio Michel, depois de ter sido travado em falta por Varela.

A segunda parte foi um espelho do fim do primeiro tempo, com o Penafiel a impedir os ataques do Trofense, a dominar em termos ofensivos, mas sem conseguir chegar ao golo. A oportunidade mais flagrante foi um cabeceamento de Cascavel por cima de baliza, ao minuto 58.

Com o Trofense a gerir o resultado, pouco preocupado em desfazer o empate, e os homens da casa incapazes de explorar as abertas que a defesa visitante ofereceu de tempos a tempos, o 1-1 com que se chegou ao intervalo manteve-se até ao apito final.

O empate não serviu ao Penafiel que, assim, com oito pontos somados, tem de se contentar com o segundo lugar provisório da Liga de Honra.

Jogo no Estádio Municipal 25 de Abril, em Penafiel.
Penafiel – Trofense, 1-1.

Ao intervalo: 1–1.

Marcadores:
0-1, Filipe Gonçalves, 09 minutos (g.p.).
1-1, Michel, 42 (g.p.).

Equipas:
- Penafiel: Márcio Ramos, Dias (Michel, 37), Sandro, Vagner, Elízio, Bruno Madeira, Hugo Soares, Vítor, Kanu, Wesllem (Pedro Nunes, 68) e Cascavel (Jardel, 81).
(Suplentes: Willian, Michel, Stéphane, Jardel, Ginho, Pedro Nunes e Rafa).
- Trofense: Alex Alves, João Dias, Varela, Luís Eduardo, Igor, Filipe Gonçalves, Tiago, Nikiema, Moustapha (Serginho, 77), Chico (Bahin, 80) e Ouattara.
(Suplentes: Marco, Nildo, Moreilândia, Gegé, Serginho, Bahin e Ricardo Nunes).

Árbitro: Jorge Sousa (Porto).

Acção disciplinar: Cartão amarelo para Kanu (8), João Dias (23), Vagner (29), Ouattara (32), Varela (41), Michel (48), Bruno

Madeira (65), Filipe Gonçalves (73), Nikiema (74), Pedro Nunes (75), Chico (78), Tiago (83)

Assistência: Cerca de 1000 espectadores.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.