O Portimonense, segundo classificado a um ponto do líder Beira-Mar, não aproveitou o deslize dos aveirenses para assumir a liderança da Liga de Honra, tendo sido surpreendido, logo aos dois minutos, pelo primeiro golo da equipa da Trofa.

O Trofense, com melhor organização táctica, ampliou a vantagem, aos oito minutos, não tendo o Portimonense mostrado argumentos para virar o resultado a seu favor, apesar de ter reduzido ainda na primeira parte e, de ter falhado um penálti a quatro minutos do fim.

Os dois golos apontados nos primeiros oito minutos da partida e a melhor organização defensiva da equipa da Trofa, causaram instabilidade nos algarvios que, raramente, conseguiram abrir espaços para entrarem na área contrária, atingindo o descanso a perderem pela margem mínima.

No segundo tempo, as entradas de Wilson Eduardo e Vasco Matos trouxeram maior acutilância ao ataque algarvio, mas a “muralha” defensiva do Trofense chegava para os avançados da equipa de Litos.

A quatro minutos do final, o Portimonense desperdiçou a oportunidade igualar o encontro, quando na transformação de uma grande penalidade, Ricardo Pessoa atirou por cima da barra da baliza de Marco.

Já em período de descontos, o Trofense, em contra-ataque, fixou o resultado final em 3-1, ao aproveitar o adiantamento dos algarvios que desesperadamente tentavam evitar a derrota.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.