A Betclic, patrocinadora de quase todos os clubes da I e II Liga, juntou, esta quinta-feira, os capitães das equipas da Liga de Honra para um convívio num bar no Cais de Gaia.

Além do convívio, os capitães puderam opinar e votar nas equipas que, segundo eles, subirão à I Liga no final da temporada. Os dois clubes mais votados foram o Trofense e o Gil Vicente.

Curiosamente, o Feirense, líder da classificação com 45 pontos, não foi a equipa mais votada.

«Estamos à frente e vamos continuar a lutar por esse lugar. Sabemos que temos cinco jogos muito difíceis, possivelmente os mais difíceis da época.

Sabemos que a II Liga é muito difícil e tudo pode modificar a qualquer momento. Temos ainda quinze pontos em disputa mas primeiro vamos pensar no CD Fátima.

Temos de dar o nosso melhor, são cinco jogos que podem mudar a nossa vida. O Feirense já tem 50 por cento de hipóteses de subir à I Liga», disse Luciano, capitão da formação de Santa Maria da Feira.

O Trofense, que participou na I Liga na época 2008/2009, encontra-se actualmente na segunda posição com menos um ponto que o líder Feirense.

«Nada está ganho. A luta vai ser entre quatro equipas e vai ser até ao final. O nosso objectivo de subir de divisão já estava traçado desde o início da época e tudo faremos para o conseguir.

Esta liga é muito competitiva, as equipas são muito idênticas e ai está a diferença para a I Liga.

Já tive a experiencia de subir de divisão e tenho a dizer que é um momento único. Se isso acontecer com o Trofense terá um sabor especial porque sou da Trofa e fui formado no Trofense», disse Tiago, o jogador de 35 anos.

O Gil Vicente, outro dos clubes mais votados pelos capitães das equipas, já mediu forças esta época com o FC Porto, campeão nacional 2010/2011, na terceira da jornada da fase de grupos da Taça da Liga, onde conseguiu arrancar um empate aos Dragões, ditando o afastamento das duas equipas na prova.

Nesta II Liga, a formação de Barcelos está na terceira posição, lugar que não permite a ascensão à I Liga.

«As pessoas que acompanham esta Liga sabem que nem sempre sobem os que jogam melhor ou os que têm mais qualidade. Mas estamos com a atitude certa para subir.

A equipa está confiante e consciente da sua qualidade. Nós nunca duvidamos da nossa capacidade. Creio que houve momentos nesta época que podíamos ter feito um pouco mais.

Temos qualidade para vencer qualquer adversário. O objectivo é sempre chegar o mais alto possível. Já estamos um pouco habituados a esta incerteza de saber se subimos ou não de divisão», disse João Pedro do Gil Vicente (42 pontos).

Por último, em quarto lugar, está a Oliveirense (encontra-se com 42 pontos, mais 6 pontos que o quinto classificado, o Leixões).

«A Oliveirense não tem tanto nome como o Trofense e o Gil Vicente, por isso a razão de não ser o mais votado. A Oliveirense tem capacidades para lutar até ao final e subir. Os meus colegas estão com muita vontade de subir de Divisão», afirmou Banjai, jogador de 29 anos e natural da Guiné-Bissau.

Os capitães das 15 equipas (faltou um representante do Santa Clara) e outros dois membros do colégio eleitoral reunido pela BetClic elegeram ainda Zé Luís, do Gil Vicente, como melhor jogador, e Serginho, do Trofense, como futebolista revelação.

Bock, do Freamunde, venceu por unanimidade o título de melhor marcador, Pedro Miguel, da Oliveirense, é o treinador preferido pela maioria, e o Gil Vicente é a equipa vai chegar ao fim com mais golos marcados, ficando o “fair play” para o Moreirense.

Ainda faltam cinco jornadas, logo 15 pontos em disputa, para terminar a II Liga, prova que tem mais golos que a I Liga, e onde a média de golos por jogo é de 2,52, contra os 2,43 do campeonato principal.

Veja o calendário de jogos que faltam na II Liga.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.