A SAD do Santa Clara garantiu hoje o pagamento dos salários aos jogadores da equipa açoriana da Liga de Honra em futebol, sem receber desde Janeiro, graças a verbas provenientes do Governo regional.

Em comunicado, o presidente dos “encarnados” de Ponta Delgada, Mário Batista, justifica o incumprimento das obrigações salariais para com os jogadores com «processo burocrático de constituição da Sociedade Anónima Desportiva» que passou a gerir o futebol profissional.

Segundo acrescenta, a regularização dos vencimentos tornou-se viável com a transferência para a SAD do Santa Clara de um montante de dois milhões de euros atribuídos pelo Governo açoriano, ao abrigo de um protocolo para promoção do arquipélago.

«Mais uma vez se reitera a articulação com o Governo Regional, um sinal de que a confiança no nosso projecto é cada vez maior, pois a contínua recuperação de um passivo assustador é demonstrativa do emprenho que colocámos na prossecução dos objectivos propostos», sublinha Mário Batista na nota.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.