O treinador do Moreirense admitiu a dificuldade de uma época desgastante, mas considerou a subida da equipa à I Liga justa.

«Como treinador é o maior feito da minha carreira. Os objetivos foram atingidos e hoje sou um homem super feliz.»

Quanto ao futuro, o treinador deixou tudo em aberto.

«A partir de amanhã falaremos do futuro. O Moreirense diz-me imenso mas vamos ver o que a direção pensa e se chegamos a um acordo», terminou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.