O Sporting da Covilhã, da II Liga, regressou hoje ao trabalho com três dos quatro novos reforços anunciados às ordens de Francisco Chaló, sem Mailó e com quatro jogadores à experiência.

O central Zé Pedro (ex-Leixões), o médio-defensivo Tony ‘Pogba’ Correia (ex-Mirandela) e o médio-centro Fabinho (ex-Salgueiros) foram as caras novas a subir ao relvado, enquanto Mailó, ponta de lança emprestado pelo Belenenses, não se apresentou na Covilhã, e os brasileiros Flávio, Massaia e Elenilson são esperados na quinta-feira e o lateral Soares teve problemas com os transportes e deve chegar ainda hoje à cidade.

Erivelto, melhor marcador da II Liga na última temporada, que está em negociações para se transferir, também não compareceu no primeiro treino da pré-época e já não deve voltar à Covilhã.

Segundo o presidente, José Mendes, o brasileiro Tatui, emprestado em janeiro e com o regresso anunciado, não deverá fazer parte do plantel.

No arranque da pré-temporada, Chaló tem sob observação Igor Rodrigues, guarda-redes de 20 anos, que alinhou no Oliveira do Hospital, o ala camaronês Ka, o possante central francês Bilong e o também gaulês Elton, avançado.

Independentemente de os quatro jogadores agradarem ao treinador, estão na rota do Covilhã mais três reforços que deverão ser formalizados esta semana.

O plantel vai ter 26 ou 27 jogadores e, da última época, transitam 18 elementos. Depois da saída de Traquina, da situação de Erivelto e do interesse de clubes da I Liga em Bilel, o ataque é o sector mais carenciado.

"Nós precisamos urgentemente de ter gente na frente. A defesa está minimamente composta, com ou sem Bilong. Na frente, algum jogador vai aparecer", disse hoje Francisco Chaló, que, para já, enquanto não souber com quem pode contar, salienta não ser possível "avaliar o plantel" para poder dizer se é melhor do que o da última temporada.

Segundo o técnico, está-se a tenter construir uma equipa mais forte. "Neste momento não posso dizer que seja melhor. Tem é mais experiência que no ano passado", realça. "Esperamos fazer novas descobertas e que sejam melhores que os que forem embora", acrescenta o treinador, de acordo com quem, nesta altura, o trabalho a fazer é mais do presidente do que seu.

O presidente dos serranos, que disputaram até à última jornada a subida ao principal escalão e ficaram em quatro lugar, com os mesmos pontos que o promovido União da Madeira, alude ao baixo orçamento e não se compromete com o objetivo da promoção à I Liga.

"Vamos trabalhar com o objetivo de fazer o melhor possível", salienta o presidente dos ‘leões da serra’. O dirigente diz que o clube não tem a obrigação de conseguir uma classificação melhor que a época passada. "Vamos é trabalhar e, com os princípios que sempre tivemos, chegar a bom porto", acentua José Mendes.

Plantel provisório para a época 2015/16:

- Guarda-redes: Pedro Taborda e Igor Araújo.

- Defesas: Tiago Moreira, Samuel, Edgar, Victor Massaia, Zé Pedro (ex-Leixões), Joel, Soares e Fábio.

- Médios: Tony ‘Pogba’ Correia (ex-Mirandela), Nana K, Gilberto, Xeka, Flávio, Vasco, Zé Tiago e Fabinho (ex-Salgueiros 08).

- Avançados: Bilel, Elenilson (ex-Jacobina Esporte Clube/Bra) e Mailó (ex-Farense).
Treinador: Francisco Chaló.

Saídas: Traquina (Belenenses), Diogo Coelho (Nacional), Carlos Manuel, Djikiné, Adriano (Benfica e Castelo Branco), Kizito (Rio Ave) e Erivelto.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.