Com três golos marcados nos 13 primeiros minutos da segunda parte o Covilhã voltou às vitórias. Auri inaugurou o marcador, Carlos Carneiro empatou e Jorge Monteiro voltou a dar vantagem aos serranos.

Apesar da vitória, os "leões da serra" continuam em penúltimo. O Penafiel, um lugar acima na tabela, agrava a situação e fica a apenas um ponto acima da zona de despromoção.

Com muito público nas bancadas, o Sporting da Covilhã foi a primeira equipa a criar perigo. Aos seis minutos, Monteiro isolou-se no meio-campo, aproximou-se da área e rematou ao lado, já com a interferência de um defesa do Penafiel.

A resposta foi dada por Vítor, com um remate cruzado, ao lado. Carlos Carneiro também tentou a sorte, mas atirou por cima. De livre, Vítor voltou a assustar, aos 39 minutos, com a bola a embater no vértice esquerdo da baliza de Igor. Na recarga, Ferreira remata a meia altura, mas o serrano Auri conseguiu evitar o golo.

As equipas foram para o descanso com um nulo, depois de nenhuma delas ter mostrado querer ganhar o jogo.

Muito assobiados à saída do campo, os "leões da serra" regressaram ao relvado com garra. Logo nos primeiros segundos Paulo Gomes, de livre, obrigou Zé Eduardo a socar para fora. Pimenta, na marcação do canto, bombeou a bola para a área, onde Auri inaugurou o marcador.

Ao minuto 53, dois ex-serranos construíram o empate. Josué virou o jogo para o flanco direito e Carlos Carneiro igualou a partida com um remate rasteiro.

Cinco minutos depois, Jorge Monteiro aproveitou a passividade dos visitantes e voltou a pôr o Sporting da Covilhã em vantagem.

Já nos minutos finais os forasteiros tentaram chegar ao golo, por Michel e outra vez por Carlos Carneiro, sem sucesso.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.