O Estádio Municipal de Tábua será pelo segundo ano consecutivo o local de preparação do Clube Desportivo de Tondela, que arranca na segunda-feira os trabalhos para a participação na edição 2013/2013 da II Liga de futebol.

O protocolo de cedência das instalações desportivas foi assinado no final da manhã entre a autarquia de Tábua e a de Tondela, a quem foi pedido que mediasse o acordo entre as partes para que o clube que usufruísse do espaço desportivo.

Esta cerimónia decorreu nos paços do concelho de Tábua, marcando presença o autarca local, Mário Loureiro, o presidente do Município de Tondela, Carlos Marta, o presidente do clube da II Liga, Gilberto Coimbra, e o capitão de equipa, Márcio Sousa.

Estiveram ainda presentes o vice-presidente do Município de Tondela, José António de Jesus, e o vereador do Desporto desta autarquia, António Dinis, e de Tábua, Ricardo Cruz.

A boa experiência do ano passado, em que o Estádio Municipal de Tábua serviu de local de preparação para a época de estreia no futebol profissional por parte do Tondela permitiu que todos os responsáveis quisessem repetir esta solução.

De acordo com o que foi dito pelos responsáveis presentes, todos saem a ganhar com este protocolo: o concelho de Tábua porque consegue obter alguma projeção mediática o Município de Tondela porque defende as boas relações institucionais entre concelhos vizinhos e o Tondela porque consegue poupar o seu relvado.

Para Mário Loureiro, as coisas funcionaram muito bem no ano passado:

«Os jogadores, técnicos e responsáveis do Clube Desportivo de Tondela gostaram do que se passou em Tábua e é por isso que voltam de novo.»

Em Tondela só existe um estádio de relva natural e dois de relva sintética, pelo que Carlos Marta lembrou que importava «aliviar a pressão sobre o relvado de Tondela» e numa colaboração com o clube e as câmaras envolvidas foi solicitada «a disponibilidade para que o Tondela pudesse fazer Tábua a pré-época».

Por seu lado, Gilberto Coimbra gostou da forma como o clube foi recebido o ano passado, elogiando a ajuda permanente no sentido de que nada faltasse aos jogadores, equipa técnica e toda a estrutura.

Neste contexto a vontade de regressar ficou desde logo manifestada.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.