A Câmara da Trofa homenageou hoje os jogadores, técnicos e dirigentes da equipa de futebol do Trofense por terem conseguido, esta temporada, a subida II Liga e conquistado título de campeão do Campeonato Portugal.

A comitiva do Trofense, que levou a troféu conquistado domingo, após a final frente ao Estrela da Amadora (1-0, após prolongamento), foi recebida pelos elementos do executivo camarário liderado pelo presidente Sérgio Humberto, também ele um ex-jogador do clube, que deixou a garantia da continuidade do apoio autárquico na próxima temporada.

"Expresso o agradecimento dos trofenses pelo vosso trabalho, pois quando jogam com este emblema ao peito representam o nosso concelho e uma população de trabalho. Esta subida aos campeonatos profissionais vai projetar a Trofa e a Câmara, dentro do que lhe é possível, vai continuar a apoiar o clube", disse o autarca.

Sérgio Humberto lembrou que o Trofense "teve nos últimos anos momentos de altos e baixos", mas enaltecendo que "quando todos remam para o mesmo lado nada é impossível" deixou mais um desafio ao clube.

"Tenho pena de não estar a fazer esta receção no novo edifício dos Paços do Concelho que estamos a construir, mas talvez para o ano, se conseguirem a subida à I Liga, fica prometido que a festa será lá", antecipou o presidente de Câmara.

Já Franco Couto, presidente do Trofense, preferiu lembrar as dificuldades sentidas pelo clube nos últimos anos, mas mostrou-se "satisfeito" por ter conseguido estabilizar o Trofense.

"Este jogadores, treinadores e staff foram uns guerreiros. Sem eles nada disto era possível. Foi uma época difícil, mas cumprimos os objetivos a que me propus há quatro anos, estabilizando o clube, encontrando um investidor e subindo à II Liga", referiu.

Na estrutura deste emblema da Trofa está o ex-jogador João Tomás, no cargo de diretor geral, que no seu discurso apontou que o reconhecimento feito hoje aos jogadores e equipa técnica "foi inteiramente justo", esperando que "o concelho e a população continuem a fazer este caminho ao lado do Trofense".

"Demos um grande passo, que porventura que nem nós estaríamos à espera. Em conjunto e como equipa alcançamos um êxito tremendo. Estamos com mérito na II Liga e ainda trouxemos para a cidade o troféu de campeão nacional", partilhou João Tomás.

Todos os elementos da comitiva do Trofense foram agraciados pelo município com um dos símbolos do concelho, tendo o clube recebido, ainda, uma salva de prata alusiva às conquistas desta temporada.

Em troca, o presidente da autarquia recebeu das mãos dos dirigentes uma camisola de jogo referente a esta temporada.

O Trofense, que estava afastado dos campeonatos profissionais de futebol desde 2015, está já a preparar o regresso à II Liga, e tudo indica deverá manter Rui Duarte como treinador da próxima temporada.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.