O União da Madeira venceu este domingo o Desportivo das Aves, por 3-2, em jogo relativo à primeira jornada da Liga de Honra, em futebol, disputado no Estádio dos Barreiros, no Funchal.

No regresso à Liga profissional, após sete anos de ausência, os madeirenses obtiveram um triunfo folgado frente a um adversário defensivamente muito permissivo.

Contudo, a equipa insular teve grande mérito no triunfo, espelhado numa postura ofensiva, sobretudo na primeira parte, facto que lhe permitiu desde muito cedo comandar o jogo, marcar e partir desde cedo para uma exibição agradável.

O União da Madeira fez o primeiro golo, aos 21 minutos, num lance vistoso, com Gleibson a cruzar para o cabeceamnto imparável de Tozé Marreco.
Aos 26 minutos, o árbitro assinalou uma grande penalidade a castigar uma falta do guarda-redes Marafona sobre Nuno Silva. Na conversão, Rúben Andrade fez o 2-0.

Com reações muito ténues dos nortenhos, os unionistas foram para o intervalo com uma cómoda vantagem.
Na segunda parte, o jogo começou praticamente com o terceiro tento dos madeirenses, concretizado por Gleibson, após um lance de insistência do ataque.

Três minutos volvidos, o Aves reduziu por Tito, de cabeça, na conclusão de um pontapé de canto.

Com o golo, a equipa visitante ganhou mais dinâmica, algo que lhe faltara durante toda a primeira parte e os unionistas perderam “gás”, fruto de uma certa displicência, advinda da vantagem.

A nova postura do Aves incomodou e um livre de Tito, mereceu uma defesa atenta do guarda-redes unionista, aos 77 minutos
Pires, aos 84 minutos, perdeu uma soberana oportunidade para marcar. O avançado deslumbrou-se com as facilidades concedidas pela defesa contrária, falhando o remate quando se encontrava só frente a Matt Jones.

Aos 88 minutos, o União da Madeira desperdiçou uma flagrante ocasião, quando Gleibson cruzou na direita, para uma deficiente finalização de Diop.

Em período de compensação concedido pelo árbitro, Quinaz fez o 3-2, rematando entre os passivos centrais unionistas.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.