A selecção nacional de Angola procura manter a invencibilidade diante da Guiné Bissau, quando se defrontarem no sábado, em Penafiel (Portugal), em jogo de preparação tendo em vista a participação de ambas no Campeonato Africano da Nações (CAN2019), a decorrer de 21 de Junho a 19 de Julho, no Egipto.

Únicos representantes dos Palop (Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa) nesta cimeira continental, as equipas vão disputar o quinto desafio entre si, com vantagem para os angolanos de três vitórias e um empate.

A primeira partida no historial data de 2 de Junho de 1985, no torneio internacional alusivo ao décimo aniversário de independência de Cabo Verde.

No Estádio de Várzea, na cidade de Praia, os "Palancas Negras", na altura orientados tecnicamente por Domingos Inguila, venceram por 3-1, com bis de Nsuka e outro golo apontado por Abreu.

Neste encontro alinharam igualmente de início Jaburu, André Nzuzi, Chico Dinis, Pedro Afonso, Pedro Ferro, Arsénio, Fusso, Mingo e Nelson.

Dois anos depois, Angola e Guiné Bissau mediram forças em Luanda, num particular, com o resultado a ficar-se pelo empate a zero.

Estas selecções só voltaram a encontrar-se nas eliminatórias ao CAN2012, co-organizado pelo Gabão e a Guiné Equatorial.

Na primeira volta, a selecção angolana recebeu e venceu a congéere guineense, por 1-0, com golo de Gilberto, de penalte. Angola voltou a triunfar em Bissau, por 2-0, com tentos de Manucho Gonçalves e Mateus Galiano.

Na altura, o conjunto nacional apurou-se para a sua sexta presença num CAN, enquanto os "irmão" lusófonos ficaram de fora.

Na prova do Egipto, Angola (32º no ranking da CAF e 122º da FIFA) está no Grupo E, com Mauritânia, Mali e Tunísia, ao passo que a Guiné-Bissau (28º na CAF e 118º da FIFA) defronta no Grupo F o Benin, Ghana e Camarões.

Os dois conjuntos estão a estagiar em Portugal.

Em terras lusas estão à ordem do seleccionador Srdan Vasiljevic os jogadores Tony Cabaça, Dany Massunguna, Paizo, Isaac, Show, Macaia, Mabululu (do 1º de Agosto), Herenilson, Eddie Afonso, Wilson (Petro de Luanda), Landu (Interclube), Ndulo (Desportivo da Huíla), Chico (Bravos do Maquis) e Bruno Gaspar (do Sporting de Portugal).

Completam a lista, Bastos (Lazio de Itália), Jonathan Buatu e Gelson Dala (Rio Ave), Clinton da Mata (Club Brugge da Bélgica), Stélvio Cruz (F91 Dudelange da Holanda), Geraldo (Al Ahly do Egipto), Wilson Eduardo (Sporting de Braga), Djalma Campos (Alanyaspor da Turquia), Freddy (Antályasport da Turquia), Mateus Galiano (Boavista de Portugal) e Evandro Brandão (Leixões de Portugal).

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.