Golo solitário de Freddy, aos 16 minutos, foi suficiente para o triunfo apertado da selecção nacional de futebol, hoje no estádio 11 de Novembro, em Luanda, diante da similar da Etiópia, em desafio particular visando o torneio de apuramento à fase final do Campeonato Africano das Nações (CAN2015), no Reino de Marrocos.

Sob o olhar atento do Presidente da República, José Eduardo dos Santos, a partida iniciou com algum estudo mútuo entre equipas que jogaram pela primeira vez entre si no seu historial. A primeira situação de perigo aconteceu aos três minutos, com Gomito a não conseguir bater de imediato o guarda-redes etíope.

Os forasteiros tiveram algum domínio, mas de pouca dura, que de imediato foi frustrado pelos Palancas Negras que hoje apresentaram algumas caras novas na tentativa do técnico Romeu Filemon construir um conjunto base para os compromissos oficiais.

Aos 11 minutos, um cruzamento de Ary Papel, o cabeceamento de Alexander não foi certeiro para atingir as redes da baliza defendida por Sisay.
Aos 16 minutos, Angola inaugurou o marcador, num golo de belo efeito de Freddy, que actua no Belenenses de Portugal, na sequência de um livre cobrado por Gilberto.

Até ao intervalo da partida, dirigida pelo árbitro internacional angolano António Caxala, mais nada de realce aconteceu, se não algumas jogadas perigosas que foram oportunamente anuladas pelos sectores mais recuados das duas selecções.

Após o descanso merecido, e com algumas alterações feitas, a selecção nacional proporcionou momentos de desalento para a defensiva etíope, que teve que recuar para impedir o ataque dos Palancas Negras.

Já na ponta final, aos 90 minutos, a Etiópia criou um calafrio junto da baliza angolana, com o guarda-redes Landu já batido.

Os forasteiros continuaram a procura do golo do empate no período de compensação (quatro minutos dados pelo juiz António Caxala), mas o sector defensivo angolano esteve em prontidão para impedir esta intenção.

Os Palancas Negras voltam a este estádio no dia 13 para enfrentar o Botswana, antes do inicio do torneio de apuramento, onde estão no grupo C, ao lado do Gabão, adversário da primeira jornada em Libreville, no dia 05 de Setembro. Fazem ainda parte, o Burkina Faso e Lesoto, que afastou o Quénia nas preliminares.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.