A seleção nacional de futebol em honras encontra-se, desde a tarde desta terça-feira, em Benguela, onde já realizou o primeiro treino no Estádio Nacional de Ombaka, palco do jogo de sábado contra a similar de Moçambique, para a segunda mão da última eliminatória de acesso à III edição da Taça CHAN2014, na África do Sul.

A sessão de trabalho, orientada pelo selecionador Gustavo Ferrín, visou a adaptação dos jogadores às condições da relva natural do estádio, assim como o lançamento da estratégia tático-técnica para reverter o resultado nulo do encontro da primeira mão, disputado domingo em Maputo.

Falando à Angop, o presidente do Conselho Técnico da Associação Provincial de Futebol de Benguela (APF), César Sacato, sublinhou que a chegada da seleção nacional a Benguela, com antecedência, tem como objetivo preparar as condições de receção aos Mambas (designação da equipa moçambicana).

Considerou que as condições desportivas colocadas à disposição dos Palancas Negras (nome pelo qual a seleção angolana é conhecida) são das melhores possíveis, destacando que o atual estado do relvado do estádio agrada a equipa técnica.

Segundo o responsável, a seleção angolana não se adaptou à relva sintética do estádio da Manchava, em Maputo, daí Benguela ter sido uma opção por parte do treinador Gustavo Ferrín, dada as boas condições.

Garantiu que tudo está a ser feito para que o Movimento Nacional Espontâneo mobilize milhares de espectadores para irem ao estádio (tem capacidade para 35 mil) a fim de apoiarem a seleção para um resultado positivo.

«Desta vez, a adaptação do grupo ao clima de Benguela será mais fácil, permitindo assim a boa concentração dos jogadores nos objetivos traçados», disse, augurando que a seleção vença Moçambique e garanta presença no 3º campeonato destinado exclusivamente para jogadores dos campeonatos domésticos.

A caravana com treinadores, dirigentes e jogadores, exceto Landu e Mussumari (Recreativo do Libolo) está alojada no Hotel Ombaka Ritz, que dispõe de condições para proporcionar um ambiente ideal antes do embate frente aos Mambas.

A seleção nacional, cujos trabalhos decorrerão até sexta-feira em sistema bidiário no Estádio Nacional de Ombaka, afastou a Suazilândia e chegou à fase de eliminatória. Moçambique eliminou a Namíbia.

Segundo fonte da Associação Provincial de Futebol de Benguela, os Mambas chegam à cidade de Benguela na quinta-feira, a dois dias do encontro com os Palancas.

No entanto, num jogo amigável, enquadrada na data FIFA, disputado em Agosto de 2012 no Estádio de Ombaka, Angola venceu, por 2-0, a seleção moçambicana, com golos de Kivuvu e de Manucho Gonçalves.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.