A seleção nacional da República Centro Africana (RCA) reconheceu e aprovou nesta sexta-feira as condições que o estádio da Tundavala, no Lubango, oferece para o jogo de sábado, com a anfitriã Angola, da primeira jornada do grupo B, de apuramento ao CAN2017, no Gabão.

A confirmação é do diretor geral da seleção da RCA, Kongo Will, quando falava à imprensa, depois do treino de reconhecimento realizado no estádio, tendo dito existirem as condições necessárias para que o encontro decorra com normalidade.

"O estádio foi construído na época em que Angola realizou o CAN2010 e continua em bom estado, por isso acredito que até amanhã a relva e os outros serviços estarão à altura para receber as duas seleções", disse.

Relativamente às condições postas à disposição desde a chegada da sua delegação ao Lubango, Kongo Will reafirmou serem das melhores e que os jogadores estão a sentir-se muito bem.

Sobre o quadro clínico da equipa, o diretor geral da seleção da RCA afirmou ser ainda preocupante a situação dos jogadores Konnsimbal Jesus e Eude Dagoulore, que estão sob cuidados médicos, depois de contraírem lesões no primeiro treino, na quarta-feira.

Entretanto, no treino de reconhecimento do estádio da Tundavala, o treinador Kopqgo Blaise aproveitou para fazer rodar o grupo com sessões ligeiras, baseadas em corridas ao longo do campo e cobertura defensiva.

Na manhã de sábado, a seleção da RCA realiza o último treino à porta fechada, no estádio do ferrovia, antes do embate.

A seleção da República Centro Africana chegou na quarta-feira por volta das 9h00 e cinco horas depois realizou o seu primeiro treino, seguindo-se o bi-diário na quinta-feira.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.