O selecionador angolano de futebol, Romeu Filemon, afirmou esta sexta-feira, em Luanda, que os Palancas Negras vão jogar ao ataque diante da Suazilândia, na segunda mão da primeira eliminatória de acesso ao CHAN, depois do empate a duas bolas em casa do adversário.

Falando em conferência de imprensa, na antevisão do jogo com os suazis, a ter lugar sábado, às 15h30, no estádio 11 de Novembro, o técnico explicou que vai apresentar uma equipa taticamente diferente daquela que disputou o encontro da primeira mão em casa do adversário, optando por um sistema ofensivo que garante golos.

“Temos um plano diferente do anterior, porque agora vamos jogar em casa, num bom campo. Vamos jogar ao ataque, mas com muitas cautelas defensivas para não sermos surpreendidos”, frisou.

Romeu Filemon disse que quer uma equipa equilibrada em todos os setores, recordando que na primeira mão marcaram dois golos e sofreram o mesmo número, num autêntico desequilíbrio.

“No jogo passado sofremos dois golos que em situação normal não teríamos sofrido, por isso trabalhamos muito no ataque e ao mesmo tempo na defesa, para manter a equipa consistente em todas as vertentes”, referiu, salientando que poderiam ter marcado quatro ou cinco golos na primeira mão.

A seleção angolana treinou hoje pela última vez antes do encontro de sábado frente a Suazilândia. No único jogo de controlo, os Palancas Negras perderam por 1-2 diante do Benfica de Luanda.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.