Cabo Verde venceu a Serra Leoa por 1-0 em jogo da 5.ª jornada do Grupo B do apuramento africano para o Mundial 2014. O golo dos Tubarões Azuis foi marcado por Heldon aos 12 minutos.

Lúcio Antunes não fez grandes mexidas no onze. Sem Platini, colocou Júlio na equipa titular, ele que tinha feito um grande jogo na semana passada. A colocação de Júlio entre os centrais deixava Djaniny solto, com o jogador do Olhanense a preferir o flanco esquerdo para depois fazer diagonais, tal como Heldon. Com isso, Cabo Verde ficava “coxo”, uma vez que só tinha o lateral direito Carlitos a dar profundidade no corredor contrário.

Tal como no jogo da semana passada frente a Guiné Equatorial, Cabo Verde entrou forte e chegou a vantagem aos 12 minutos por intermédio de Heldon. O baixinho jogador do Marítimo ganhou nas alturas aos centrais e ao guarda-redes Morris e fez o 1-0.

Em vantagem no marcador, os Tubarões Azuis recuaram para a o seu meio-campo, ficando a iniciativa de jogo a cargo da Serra Leoa. Apesar de estar mais tempo no meio-campo crioulo, só em remates de longe é que Vozinha era incomodado. Mesmo assim era preciso estar atento a Mohamed Bangoura, o melhor em campo dos serra-leoneses, jogador que deu muitas dores de cabeça a Carlitos.

O segundo tempo abriu com uma bola no poste da baliza de Vozinha. Bangoura entrou pelo lado esquerdo, cruzou contra Kay, a bola acabou por bater no poste e sair. Um susto enorme para os oito mil cabo-verdianos que lotaram o Estádio da Várzea.

A resposta crioula foi imediata e numa jogada de contra-ataque, Heldon isolou Júlio. O avançado do Dijon “picou” a bola sobre o guarda-redes mas Morris ainda foi a tempo de desviar com a ponta dos dedos e evitar o segundo.

Cabo Verde foi controlando o encontro e tirou partido do cansaço da Serra Leoa e do facto de ter mais espaço para sair em contra-ataque. Os Tubarões Azuis poderiam ter feito mais golos, por Júlio primeiro e por Babanco depois, mas o resultado não se alterou.

A formação orientada por Lúcio Antunes passa a somar seis pontos e aguarda pela notificação da FIFA sobre o protesto apresentado contra a Guiné Equatorial, por uso irregular de jogadores, para saber se faz nove pontos.

Mas estes nove pontos podem não chegar, se este domingo a Tunísia vencer em Malabo a Guiné Equatorial, em jogo de fecho da 5.ª jornada do Grupo B do apuramento africano para o Mundial 2014. Nesse caso, os magrebinos asseguram o primeiro lugar do grupo, quando falta uma jornada para o final da fase de grupos.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.